Indústrias: petróleo e gás, agroindústria, automóveis, autopeças, eletrodomésticos, máquinas etc.
Mercado Profissionais no mercado.850 Exigências para atuar na profissão - Ter diploma de graduação em Engenharia de Produção.
Vagas disponíveis por ano.698, duração do curso 5 anos, candidatos.483, candidatos/vaga 2,00, formandos por ano.958, topo.O profissional nunca deve acreditar que está totalmente formado.O engenheiro de produção alia conhecimentos de administração, engenharia e economia para projetar, implantar e buscar melhorias desconto de faltas na rescisão nos sistemas de produção focando na produtividade e melhor gestão de recursos.Gerente de controle de qualidade:.207,10, gerente de planejamento e controle de produção:.684,70, gerente de Projetos/Contratos:.000,00 a.000,00, gerente industrial:.376,50.Motta, coordenador do curso de Engenharia de Produção do Senai/Cetiqt; Milton Vieira Junior, professor e pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Nove de Julho (Uninove) e vice-presidente da Associação Brasileira de Engenharia de Produção ( Abepro) Topo.Apesar da grande quantidade de profissionais que se formam todo ano (cerca de 38 mil engenheiros por ano) ainda se fala em escassez de mão-de-obra qualificada para atender as necessidades do mercado brasileiro.Conte para a gente aqui nos comentários!De acordo a Lei.950-A/66, de 1966, que regulamenta a remuneração dos profissionais diplomados em Engenharia, Química, Arquitetura, Agronomia e Veterinária, a tabela salarial do profissional do engenheiro de produção está vinculada ao valor do salário mínimo vigente e à jornada diária do profissional, independentemente.A, engenharia de Produção é o ramo da engenharia dedicado ao gerenciamento do recursos humanos, financeiros e materiais envolvidos na produção de bens e serviços.Gerente industrial:.376,50, gerente de planejamento e controle de produção:.684,70.Principais áreas de atuação - Controle de qualidade - Engenharia do trabalho - Desenvolvimento organizacional - Planejamento e controle - Produção mecânica - Produção de materiais - Produção química - Produção elétrica - Produção civil, topo.Estar registrado no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea).O levantamento de salários do Datafolha para a indústria na cidade de São Paulo e região metropolitana, indica a média salarial de alguns cargos que podem ser ocupados por engenheiros de produção nesse setor: Chefia de controle de qualidade:.599,20.Cursos de especialização, de aperfeiçoamento, mestrado e doutorado sempre são muito importantes e bem-aceitos pelo mercado de trabalho.Engenheiro de produção, o engenheiro de produção planeja, projeta e gerencia sistemas organizacionais que envolvem recursos humanos, materiais, tecnológicos, financeiros e ambientais.Alia conhecimentos técnicos e gerenciais para otimizar o uso de recursos produtivos e diminuir os custos de produção de bens e serviços.Neste, destaca-se a metalurgia, a fabricação de máquinas, equipamentos e veículos automotores, a produção de alimentos e o refino de petróleo.Ganho inicial (média mensal) R 2 mil Ganho escalão intermediário (média mensal) R 5 mil Ganho no auge (média mensal) R 12 mil Atividades do início de carreira Em geral, o engenheiro de produção que vai para a indústria trabalha com qualidade, processos de fabricação.A engenharia de produção está entre as carreiras mais promissoras do Brasil, e o salário de um engenheiro de produção, mesmo em início de carreira, é um dos mais altos do país.
Formação e experiência exigidas pelo mercado.

O salário médio de um Engenheiro de Produção no Brasil é de.199.
Descubra o salário inicial do engenheiro de produção e até quanto esse profissional pode ganhar!
A ocupação de Higienista Ocupacional requer especialização na área, após ensino superior em Engenharia, Física, Química, Tecnologia, Bioquímica, Medicina, Biologia ou em outras ciências exatas ou biológicas correlatas.


[L_RANDNUM-10-999]