Houve a divisão de terras e vim junto com meus filhos, que eram muito pequenos, para esse pedaço de chão.
Tenho isso desde a abertura da empresa e assim pude ver o quanto ela vem crescendo.
É o tráfico que assedia diariamente crianças e adolescentes que, fascinados pelo mundo do consumo ou com outros interesses, adentram no mundo do crime.
O problema é que é uma questão que o estado não resolve.Reuni meus filhos e determinei aos mais velhos que cavassem uma cisterna, plantamos brócolis e me inscrevi na Emater.Quanto aos clientes, temos cartão fidelidade, com regulamento inclusive, além de eu ter todos meus clientes cadastrados em sistema.Não posso dizer que não mudou nada.Desenvolvemos bastantes quanto ganha um formado em administração de empresas parcerias e lembram daquela livraria que contei no início da história, que seria minha concorrente e que eu estava temerosa?De funcionária publica a empresária, camelo e Maluf ltda - ME - Viva Livraria e Editora - Pequenos Negócios.Sempre que aparece um problema procuro informações na Emater a fim de solucionar os problemas.Antes de condenar é preciso compreender o complexo cenário das crianças e adolescentes recrutados para a prática de infrações.Por estarem vivendo em situação de pobreza ou de rua e por serem meninas.A empresa vende compactadores de lixo que utilizam energia solar para funcionar, ou seja, um negócio totalmente antenado com a demanda do mercado atual e com a tendência do ecologicamente correto.O meu sonho era plantar e produzir.O senhor avalia essa classificação como racista?Nas minhas pesquisas nos arquivos históricos, o número de meninas sempre foi inexpressivo, seja no acervo da Casa de Detenção do Recife, seja nas unidades da Febem, a partir da década de 1960.Hoje, minha propriedade é visitada por estudantes de cursos técnicos tanto brasileiros quanto estrangeiros, minha história serve de incentivo para outras empreendedoras rurais, posso dizer que não mais tenho dificuldades de tratar de negócios com ninguém.Criei desde o início projetos inovadores como: o café com letras, tarde de autógrafos, contação de histórias para crianças, livros de editoras alternativas, com livros de vários países exclusivos!No primeiro ano plantei.000 pés de morango, no segundo ano plantei.000 pés, no terceiro ano plantei.000 pés e agora tenho.000 pés de morango.Tenho 44 anos e 9 filhos.Eu me perguntava: será que agora vou dar vida a meu grande sonho de ter uma editora própria?Na entrevista abaixo, Humberto Miranda fala, ainda, da abordagem policial preconceituosa junto aos jovens das favelas, extermínio da juventude negra, participação das meninas e de jovens da classe média na prática de infrações e critica a atuação da Justiça.Fazemos controles financeiros com planilha entre receita e despesa, sendo gerados gráficos para análise do desempenho.Controlo tudo isso no computador, pois sei que é a leitura necessária pra eu entender minha empresa e poder agir pra melhorar.




[L_RANDNUM-10-999]