Entre as fontes de proteína vegetal, as melhores opções são a soja e as leguminosas (feijão, lentilhas, grão-de-bico, ervilhas).
Licenciou-se em cupom de desconto staples 2018 Comunicação Social na Universidade do Minho, onde também tirou o mestrado.Isso significa que o nosso rapaz teria de consumir entre o que pedir de amigo secreto 3500 e 4000 calorias diárias.Para ele, a única coisa que importa é que aquilo vai bombar o músculo.Os suplementos esportivos devem ser usados como aditivos e não substituir as refeições.Além disso, depois do treino é importante o seu corpo repor as reservas de glicogênio gastas (o glicogênio é uma das principais fontes de energia para o trabalho dos músculos, para aumentarem de volume eles necessitam de carboidratos simples) e obter proteína o material.A gordura deve ocupar o resto do nosso consumo energético, ou seja, deve ocupar cerca de 30 da nossa dieta.A regra principal para ganhar massa muscular magra é aumentar a ingestão calórica em aproximadamente.As proteínas são quebradas em aminoácidos para serem utilizadas pelas células para formarem novas proteínas, de acordo com as informações fornecidas pelo nosso DNA.Se você não obedecer a estas regras elementares acima expostas, não haverá nenhum suplemento esportivo, antes ou depois do treino, que seja capaz de criar massa muscular: nem bcaa, nem nenhum gainer, nem as proteínas conseguirão ajudar você a ganhar músculo se o corpo não tiver.2 Definir a quantidade de proteína na dieta.Os nutricionistas esportivos acreditam que em caso de exercícios vigorosos, o indivíduo necessita de aproximadamente 3-5 gramas de carboidratos para cada kg de peso corporal (200-350 para homens com 70 kg) e de até 7 gramas de carboidratos para cada quilo de peso corporal.Quanto maior à ingestão de proteínas, maior é o ganho de massa muscular?É também importante entender que construir músculo seguindo esse tipo de dieta é, em princípio, impossível, devido ao fato do nível da testosterona o principal hormônio de crescimento muscular diminuir e do nível de cortisol o hormônio do stress aumentar.Quando não conseguimos através da alimentação e esgotamos as reservas de glicogênio do corpo, o organismo utiliza as proteínas dos tecidos inclusive do tecido muscular para produção de energia.Primeira regra do crescimento muscular: o treinamento necessita de energia (cerca de 50 gramas de proteína e 100 gramas de carboidratos Segunda regra: a energia é necessária também para o crescimento do músculo (a ingestão calórica diária deve ser 20 acima da normal).A função dos hidratos de carbono é puramente energética.Já endomorfos, indivíduos que ganham peso facilmente, não terão tanta necessidade de aumentar as calorias em grande quantidade.
Por que dietas restritivas em carboidratos prejudicam o ganho de massa muscular?
Deficit de zinco reduz os níveis de testosterona.

3 Definir a quantidade de hidratos de carbono na dieta.
Para além da sua função energética, elas são necessárias para a produção hormonal, para a manutenção de vários órgãos como a pele, os olhos e o coração e para o transporte das vitaminas lipossolúveis.
Sabendo que 1 grama de proteína contém 4 calorias e 1 grama de gordura contém 9, calcule o resto diário e divida-o por 4 (as calorias existentes em um grama de carboidratos).


[L_RANDNUM-10-999]