calculo desconto dsr clt

O descanso semanal remunerado do empregado horista calcula-se da seguinte forma: Somam-se as horas normais trabalhadas no mês; Divide-se o resultado pelo número de sorteio da nestlé dias úteis; Multiplica-se pelo número de domingos e feriados ; Multiplica-se pelo valor da hora normal.
São faltas não propositais pelo empregado ou desconto saude ir que por bom senso, o empregador poderia aceitar até para não prejudicar ainda mias a remuneração do empregado.
Caso a empresa adote a conduta do não desconto do DSR, quando o empregado não cumpre a jornada semanal integral, não poderá fazê-lo aos que já vinham sendo beneficiados com a medida, sob pena de nulidade dessa alteração em ofensa ao princípio da inalterabilidade das.
O empregado que injustificadamente falta ou atrasa, ainda que em minutos, poderá ter descontado o seu DSR do salário.11 do Decreto.048/1949 ).Há quem entenda que empregado mensalista e quinzenalista, não estão sujeitos à assiduidade para fazer jus ao repouso remunerado, ainda que faltar ao trabalho sem justificativa legal, desconta se somente o valor do dia da falta, já que os dias de repouso serem considerados.Fundamento: Lei n 605/49 e art.Fundamentação Legal: m m m, eFD eSocial: No eSocial essas informações (desconto do DSR) serão reportadas nos eventos S-1200 e S-1210 Remuneração do Trabalhador (folha de pagamento).Ou quando, ainda que pudesse ser justificada, se verifica o descaso por parte do empregado por não avisar com antecedência ou deixa de cumprir prazo importante quanto às suas tarefas.Não esqueça de consultar o jurídico da empresa, aproveite para revisar as regras das Convenções Coletivas de Trabalho.(Empregado bateu o carro e perdeu o dia para resolver o conflito c) Faltas Não Justificadas : desconta o período de falta e também o DSR.Para as empresas que trabalham em regime de compensação do sábado, caso o empregado tenha falta durante a semana, pode-se descontar integralmente as horas não trabalhadas, inclusive as da compensação.6 e 7, 2, da Lei n 605/1949.Encontramos resposta para este cenário no caput do art.São faltas em que o empregado propositadamente e sem dar qualquer satisfação deixa de comparecer ao serviço.Há corrente jurisprudencial que entende que tal empregado não está sujeito à assiduidade para fazer jus ao DSR, ou seja, ainda que falte ao serviço sem justificativa legal, desconta-se somente o valor correspondente ao dia da falta, visto os dias de repouso serem considerados.473 da CLT, poderá ocorrer o devido desconto.Portanto, como não há uma corrente majoritária para essa questão e o empregador pode sofrer alguma ação trabalhista, sugerimos que elaborem uma norma interna para disciplinar eventual atraso a cima do permitido.O empregador poderá adotar um critério para descontar o DSR do empregado, o qual sugerimos: a) Faltas Abonadas : não desconta nem o período de falta e nem o DSR.Por outro lado, há quem entende que estes empregados podem sofrer o desconto do DSR em caso de falta ou atrasos sem justificativa.Em relação ao desconto do Descanso Semanal Remunerado dSR esclarecemos que o empregado horista, diarista e semanalista têm direito ao repouso semanal se trabalhar durante toda a semana anterior, cumprindo integralmente o horário de trabalho.O DSR (Descanso Semanal Remunerado é um direito do empregado conquista quando seu horário de trabalho é integralmente cumprido, sem faltas, atrasos ou saídas durante o expediente, sem motivo justificado ou em virtude de punição disciplinar.B faltas Justificadas : desconta o período de falta e não desconta o DSR.Contudo, existe polêmica quanto ao desconto ou não do DSR do empregado mensalista e quinzenalista, quando falta ao serviço sem justificativa legal, em virtude do disposto nos arts.
A possibilidade do desconto ou não do empregado mensalista quando faltam ao serviço sem justificativa legal não é pacífica, existindo corrente jurisprudencial entendendo que os empregados não estão sujeitos à assiduidade para fazer jus ao repouso remunerado e outra corrente jurisprudencial que entende que estes.





Salvo disposição em contrário no documento coletivo da categoria profissional respectiva, a empresa pode adotar qualquer procedimento (descontar ou não).

[L_RANDNUM-10-999]